Acaba hoje! 600 vagas no Mais Médicos para áreas vulneráveis

Profissionais da área da saúde formados em medicina que estejam interessados em fazer parte do programa e ocupar uma das vagas do Mais Médicos, tem somente até hoje para realizar a sua inscrição. Um novo prazo foi aberto pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde do qual termina nesta quarta-feira, dia 10 de julho de 2019.

Porém as vagas abertas no Mais Médicos desta vez é apenas para brasileiros formados em medicina no exterior. Serão 600 vagas a serem preenchidas em áreas de alto risco de vulnerabilidade, ou seja, em áreas onde a população é mais carente.

Estas oportunidades fazem parte da segunda fase do edital publicado em maio deste ano para suprir as vagas deixadas pelos cubanos no início do mandato Bolsonaro. A primeira fase contou com 2149 vagas destinadas para médicos com formação no Brasil. Nela apenas 1549 foram preenchidas, onde praticamente 100% já estão atuando em mais de 800 cidades do país.

As outras 600 vagas remanescentes já seriam destinadas para médicos com formação fora do país. Quem estiver interessado e for aprovado nesta segunda fase, deverá começar a atender a população das áreas de vulnerabilidade entre os dias 16 de agosto e 25 de setembro deste ano.

Como se inscrever na segunda fase do Mais Médicos?

Os candidatos interessados em ocupar as vagas, precisam realizar a sua inscrição através do portal destinado exclusivamente ao programa:

Por lá é preciso acessar o Sistema de Gerenciamento de Programas, onde será necessário realizar o login utilizando o CPF e a senha pessoal. O sistema está localizado no menu lateral esquerdo.

Para saber todos os detalhes sobre o preenchimento das vagas acesse:

Condições gerais para médicos com formação em outros países

Entre as condições estão:

  • Ter diploma expedido por instituição de educação superior estrangeira;
  • Apresentar documento que comprove a habilitação para o exercício da medicina no exterior;
  • Comprovação de conhecimentos em língua portuguesa. Esse quesito deverá ser cumprido em duas etapas:
  • No ato da inscrição, o médico deve apresentar declaração de que possui conhecimento mínimo necessário da língua portuguesa.

Todos os detalhes estão disponíveis no endereço eletrônico acima.

Leave a Reply